“Organizações são feitas de pessoas”

Uma máxima de autor desconhecido (ou de autoria plural) muito repetida por gestores de recursos humanos e pouco entendida por muito empreendedores. Não pretendo entrar no assunto específico, pois acho o mesmo bem reverberado para aqueles que ainda não se deram conta desta ideia.

Meu foco é em quem já tomou esta expressão como verdade e, de certa forma, teve algumas decepções ao centrar sua gestão no desenvolvimento das pessoas envolvidas no negócio.

Descobri, após algumas experiências nesta área, que determinadas ações de desenvolvimento tem diferentes impactos junto aos colaboradores de uma organização. Mais difícil que desenvolver a equipe é mantê-la no mesmo “Compasso”. Certificar-se do entendimento pleno dos objetivos e potencializar o alcance dos mesmos.

Tanto a memória como o discernimento é seletivo, e depende de diversos fatores, muitas vezes relacionados a educação familiar ou mesmo condição social.

Por esta razão, focar no equilíbrio de motivação e conhecimento da equipe pode ser mais importante do que ampliar seu conhecimento, dependendo de que estágio se encontra a sua empresa!

Anúncios