Abrir o jornal nos tempos de hoje, além de parecer alguma prática saudosista, pode simplesmente acabar com qualquer possibilidade de alegria. Isto por que observamos dia após dias novas revelações de improbidades e desmandos praticados pelas autoridades de nosso país.

Claro que estas questões sempre existiram, mas o que mais impressiona o humilde observador é o argumento utilizado pela maioria dos ilustríssimos cidadãos: Tudo que é feito está dentro da lei!

Empregar mais de 40 assessores, alguns em gabinetes que não existem, sem um propósito claro;
Viajar em jatos fretados com numerosa comitiva para destinos não esclarecidos;
Receber mais de 15mil reais por ano apenas para compra de ternos.

Etcetera, etcetera e etcetara. Tudo certo, tudo dentro da lei.

Com certeza muito longe da moral e do bem público. Bem este que é jogado fora em prol do enriquecimento de legisladores sem um milímetro de respeito por seus eleitores ou o povo deste país.

E a culpa é de quem?

Nossa.

Sempre!

Anúncios