Refactoring for Business

Refatoração ( ing. Refactoring) é um processo que compõe aMetodologia Ágil, uma prática utilizada no desenvolvimento de software, maisespecificamente na manufatura do código. Consiste na constante organização e aprimoramento do código fonte de um software, visando organizá-lo e torna-lo mais simples e funcional.
Ok, o que isso tem a ver comNegócios? Tudo.
Dentro do Método Ágil, e em brevefalaremos muito detalhadamente sobre isso, a concepção de um projeto não nascecompletamente pronta. Ela possui um “start” e a partir disso vai setransformando para atingir um resultado mais excelente no final.
Acontece que dentro dessastransformações, pode ser necessária um refatoração, na qual se mantém osconceitos principais do que está sendo feito, mas se reconstrói as bases,mantendo a estrutura, mas ajustando e organizando “o que está por trás”.
Complicado?
Pois é, esse é o grande problemados negócios, muitas vezes são realizados grandes planejamentos, mas quedemoram muito para serem avaliados. Às vezes parecem estar correndoperfeitamente bem, mas causam impactos outros que não eram previsíveis noinício. Ao detectar essas questões é preciso reavaliar inclusive se osobjetivos estavam corretos, alinhados com a Estratégia principal do negócio.
Quando concebemos um negócio,produto, serviço ou projeto, a melhor maneira de fazê-lo excelente é não terapego emocional por ele, desenvolvê-lo e ampliá-lo de forma orgânica e semprerefatorar aquilo que não estiver alinhado com a estratégia principal.
Ou mais tarde poderá ser tardedemais e você terá de abandonar seu empreendimento sem saber exatamente por queele não deu certo.
Anúncios

Um Feliz Natal e um 2012 supimpa!

O fim de ano chegou e todo mundo quer mandar uma lembrança, um e-mail bacana, uma mensagem (esse ano não teve PPTs perceberam? Deve ser culpa do Facebook hehe!) e nós não poderíamos ter ficado de fora desse clima.

Só que decidimos aproveitar o espírito de natal para divulgar que estamos chegando no mercado em 2012 com tudo e nada melhor que um resgate ao bom e velho cartão de natal impresso. E resolvemos também fazer dedicatórias exclusivas para nossos clientes e amigos, para assim marcar nosso mode de atuação: serviço de alto padrão adaptado para cada cliente!

E se você não recebeu ainda fique tranquilo pois o correio deve entregar ainda em 2011!

Começando a dedicatória:

Endereçando o cartão:

O resultado final:

O material completo (tudo em papel reciclado!)

E para você que recebeu apenas o cartão #ficadica : contrate nosso serviço que em 2012 tem presente! 🙂

Boas Festas de toda Equipe Gradium MS !!!

Gênesis by Gradium MS

   Impressionante como, por mais heterogêneos que tentemos ser,acabamos por nos homogeneizar ao todo, normalizar nossas iniciativas. E como édifícil ser diferente sem parecer estar apto ao fracasso, ou confiar em simesmo quando todos em volta “opinam” em contrário.

   Pois este post é exatamente sobre isso, sobre como decidimosconfiar nas nossas impressões e tentar fazer algo de forma diferente. Buscardiferentes referências, analisar nossas competências e outros casos de sucesso,perceber os detalhes e desenvolver a nossa concepção de negócio.

   Assim será a Gradium MS em 2012.

   Alcançamos uma única e importante certeza em nossoplanejamento: Ter absoluta certeza é o primeiro passo para estar errado(obrigado pela sabedoria Millor!) e que nosso negócio será uma rede orgânicafocada no cliente.

   Pode parecer só mais do mesmo, de diversos discursos iguaisque existem no mercado. Mas temos um sentimento de que aqueles que apostarem nessaidéia e participarem conosco deste processo, vão perceber as diferenças.

   Fizemos nosso planejamento (ou lista de desejos, como diriao grande mestre Gilberto Testa) e em breve vocês que nos acompanham serãoimpactados pelo que fizemos.



   Esse é o nosso Gênesis! Visitem http://www.gradium.com.br


Curadoria de Conteúdo!

Este é um assunto interessantíssimo, que está virando pauta dos profissionais e dos usuários de internet.
A web nos disponibiliza conteúdo, o Google(e outras ferramentas) agrega e encontra, mas quem mede a relevância do conteúdo?

Nessa hora entra em cena o curador:

E você, já começou a utilizar conteúdos de curadores? Ou quer se arriscar a ser um deles?

Google AD #2 | Você não é meu cliente!

Uma característica interessante do marketing de busca (mas que vale para qualquer planejamento comercial) é a medida de exclusão!


Esta medida de exclusão nada mais é que, em seu processo de segmentação de clientes, quanto você está disposto a abrir mão de “prováveis prospects”. Pode parecer óbvio, mas muitos empreendedores tem dificuldade de entender que para segmentar corretamente precisam excluir determinados públicos de sua ações de divulgação  ou até mesmo atendimento, para focar naqueles que realmente se converteram em vendas.

O vídeo mostra, através da ferramenta das palavras negativas, com excluir pessoas que não estão verdadeiramente interessadas em seu produto. Por maior que seja a tentação ou o argumento “… mas vai que ela gosta de algum sapato…”, o desperdício de esforço e a raridade desse princípio de causalidade, ratificam a exclusão daquele “improvável cliente”!

Dia do Professor também é dia de pensar!

Parabéns a todos os professores pelo seu dia!

Melhor seria que todos os dias fosse dia dos Mestres.

Aproveitando a oportunidade da data festiva para discutir algumas questões relacionadas a educação, o papel do professor e sua responsabilidade através de 2 vídeos.

O primeiro com o mestre Isaac Asimov sobre a pluralidade da educação e sua alterações pelo advento de novos canais de comunicação como a Internet ( detalhe para o ano da entrevista… 1988 quando a internet engatinhava).

O Segundo é uma pequena reflexão qualitativa sobre o papel do professor do Filósofo Mário Cortella.

Parabéns mais uma vez aos heróis responsáveis pela nossa educação!

Google AD #1 | Termos básicos

Iniciando essa nova seção do blog que vai tentar reunir um conteúdo relevante e de fácil interação sobre anúncios de Links Patrocinados pelo Google.

A primeira coisa que percebemos, ao conversar com um Empreendedor, é sua confusão com os termos utilizados. Vamos começar olhando os mais básicos e evoluir a partir daí!

Se você ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário e boa pesquisa no Glossário!

Fora de Compasso

“Organizações são feitas de pessoas”

Uma máxima de autor desconhecido (ou de autoria plural) muito repetida por gestores de recursos humanos e pouco entendida por muito empreendedores. Não pretendo entrar no assunto específico, pois acho o mesmo bem reverberado para aqueles que ainda não se deram conta desta ideia.

Meu foco é em quem já tomou esta expressão como verdade e, de certa forma, teve algumas decepções ao centrar sua gestão no desenvolvimento das pessoas envolvidas no negócio.

Descobri, após algumas experiências nesta área, que determinadas ações de desenvolvimento tem diferentes impactos junto aos colaboradores de uma organização. Mais difícil que desenvolver a equipe é mantê-la no mesmo “Compasso”. Certificar-se do entendimento pleno dos objetivos e potencializar o alcance dos mesmos.

Tanto a memória como o discernimento é seletivo, e depende de diversos fatores, muitas vezes relacionados a educação familiar ou mesmo condição social.

Por esta razão, focar no equilíbrio de motivação e conhecimento da equipe pode ser mais importante do que ampliar seu conhecimento, dependendo de que estágio se encontra a sua empresa!